Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

Debian Brasil

Divulgação

DebConf17

Latinoware 2016

Fotos no FISL17

Fotos na CPBR9

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

blog

7 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Vicente Aguiar - | 3 pessoas seguindo este artigo.

How were the Debian activities at FGSL 2017 in Goiânia

22 de Novembro de 2017, 13:07, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Banner fgsl debian

On November 17 and 18, 2017, the XIV Goiano Free Software Forum (FGSL) was held at the Federal University of Goias (UFG) in Goiânia.

The Debian Community was present at the FGSL to make 3 talks:

Before the event the organization published many images on social networks to help in spreading confirmed activities, like these below:

Banner Eriberto

Banner Paulo

In addition to the talks, the Debian Community had a booth to keep in touch with attendees and to sell several Debian branded merchandise produced by Curitiba Free Community. Just to remember that the profit is reverted to organize future Free Software events.

The Debian Community booth with Rodrigo Troian, Paulo Santana (phls) and Christiane Borges - photo from Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Mesa da comunidade Debian

 

Debian branded merchandise - photos from Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Mesa da comunidade Debian com produtos

 

Alice, Prof. Fábio's daughter - photo from Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Alice

 

Paulo Santana talking about "The Debian Project wants you!" - photo from Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Palestra Paulo

 

João Eriberto talking about "Debian Backstage: understand how the distribution works" - photos from Paulo Santana (CC BY-SA 4.0)

Palestra Eribeto

 

Attendees at XIV FGSL - photo from Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Foto todos no FGSL

You can see more photos here: http://debianbrasil.org.br/fgsl-2017

We are very grateful to the organizers of XIV FGSL for the invitations and the availability of space for our activities, especially thank you to Prof. Christiane Borges and to Prof. Marcelo Akira. Congratulations to the organization for the success of XIV FGSL.



Como foram as atividades Debian no FGSL 2017 em Goiânia

21 de Novembro de 2017, 19:43, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Banner fgsl debian

Nos dias 17 e 18 de novembro de 2017 aconteceu o XIV Fórum Goiano de Software Livre (FGSL) no Campus da Universidade Federal de Goias (UFG) em Goiânia.

A Comunidade Debian esteve presente no FGSL por meio de 3 palestras:

Antes do evento a organização publicou diversos banners nas redes sociais para ajudar na divulgação das atividades confirmadas, como estes abaixo:

Banner Eriberto

Banner Paulo

Além das palestras, a comunidade Debian teve uma mesa para conversar com os participantes do evento e vender os produtos da loja da comunidade Curitiba Livre e que o lucro é revertido para organizar eventos de software livre em Curitiba.

Abaixo mesa da comunidade Debian com Rodrigo Troian, Paulo Santana e Christiane Borges - foto de Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Mesa da comunidade Debian

 

Abaixo produtos na mesa da comunidade Debian - foto de Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Mesa da comunidade Debian com produtos

 

Abaixo Alice, filha do Prof. Fábio - foto de Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0) 

Alice

 

Abaixo Paulo palestrando sobre "O Projeto Debian quer você!" - foto de Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Palestra Paulo

 

Abaixo Eriberto palestrando sobre "Bastidores Debian: entenda como a distribuição funciona" - foto de Paulo Santana (CC BY-SA 4.0)

Palestra Eribeto

 

Abaixo alguns participantes do XIV FGSL - foto de Álvaro Justen (CC BY-SA 2.0)

Foto todos no FGSL

Veja mais fotos no nosso álbum.

Deixamos nossos agradecimentos a organização do XIV FGSL pelo convite, a ajuda e o acolhimento que recebemos, em especial a Profa. Christiane Borges e ao Prof. Marcelo Akira. Parabenizamos a todos os envolvidos na organização pelo sucesso de mais essa edição do FGSL.



MiniDebConf Curitiba 2018 - 11 a 14 de abril

11 de Novembro de 2017, 14:37, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Está confirmada a 3a edição do maior encontro brasileiro de usuários e desenvolvedores Debian.

Será de 11 a 14 de abril no Campus central da UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná em Curitiba - PR.

Nos dias 11 e 12 (quarta e quinta) acontecerá a MiniDebCamp - período para colaboradores(as) do Debian se encontrarem e trabalharem conjuntamente em um ou mais aspectos do projeto. Essa será a nossa versão da brasileira da DebCamp, que acontece tradicionalmente antes da Debconf. Não haverá palestras, debates e oficinas nesses dias, teremos apenas "mão na massa" como empacotamentos de softwares, traduções e BSP - Bug Squashing Party :-)

E nos dias 13 e 14 (sexta e sábado) acontecerá a MiniDebConf propriamente dita - palestras, debates, oficinas, e mais "mão na massa" :-D

Em breve divulgaremos os formulários para chamada de atividades e para inscrição gratuita.

Mais informações:

http://minidebconf.curitiba.br

 

Banner debconf curitiba 2018



Como foi o Minievento Debian no FTSL 2017 em Curitiba

3 de Outubro de 2017, 14:35, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

De 27 a 29 de setembro de 2017 aconteceu a 9a edição Fórum de Tecnologia em Software Livre - FTSL, no Campus central da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR, mesmo local onde aconteceu a MiniDebConf Curitiba em março deste ano. E a comunidade Debian participou realizando algumas palestras no terceiro dia do evento.

Alguns meses atrás a organização do FTSL procurou membros das comunidades de Software Livre em Curitiba e propôs que eles organizassem pequenos eventos dentro do FTSL. Cada comunidade teria uma sala disponível para organizar suas atividades em um dos três dias do evento (quarta, quinta ou sexta).

Algumas dessas comunidades que realizaram suas atividades foram: PHP, Python e Debian.

A Comunidade Debian realizou 6 palestras ao longo do terceiro dia:

1 - Por que sou usuário do GNU/Linux/DEBIAN?

  • Descrição
  • Arquivo da apresentação:
  • Palestante: Antonio C C Marques

2 - Como se tornar um membro oficial do Debian (DD ou DM)

3 - Debian - O sistema universal

4 - O Projeto Debian quer você!

5 - Conhecendo o trabalho da equipe de tradução do Debian

6 - Debian 101

Aproveitamos o FTSL para vender vários produtos produzidos pela Comunidade Curitiba Livre para os participantes. Lembrando que o lucro revertido para a organização de futuros eventos de Software Livre. Você pode ver nas fotos abaixo os produtos:

Entre os produtos novos que fizemos está a camisa "Debian Women" para incentivar a participação de mais mulheres no Projeto Debian. Para saber mais sobre o projeto Debian Women acesse https://www.debian.org/women e a wiki brasileira https://wiki.debian.org/MulheresBrasil

A Adriana da Costa garantiu a camisa dela :-)

Para comprar os produtos online, acesse o site: http://loja.curitibalivre.org.br

Juntamos o pessoal para tirar uma foto:

Da esquerda pra direita: Eriberto, Paulo, Adriana, Daniel, Antonio e Samuel

Agradecemos imensamente aos organizadores do FTSL 2017 pelo empenho na organização do evento e pela disponibilidade do espaço para realizamos nossas atividades. A organização está de parabéns pelo sucesso do FTSL 2017.

Alisson Coelho e Christian Mendes - coordenadores da organização do FTSL 2017

 Todas as fotos podem ser vistas aqui:

https://www.flickr.com/photos/curitibalivre/albums/72157661046698288

 



How was the Debian mini-event at FTSL 2017 in Curitiba

3 de Outubro de 2017, 12:25, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

The ninth edition of Free Software Technology Forum - (FTSL in portuguese) took place from September 27 to 29, 2017 at Campus Curitiba of the Federal University of Technology - Paraná - UTFPR, the same venue of MiniDebConf 2017 Curitiba in march. And Debian community participated with some lectures on the third day of the event.

Some months ago the FTSL organization looked for

A few months ago the FTSL organization looked for members of the Free Software communities in Curitiba and proposed that they organize small events within the FTSL. Each community would have a room available to organize their activities on one of the three days of the event (Wednesday, Thursday or Friday).

Some of these communities that organized activities were: PHP, Python e Debian.

Debian community Debian held six lectures throughout the third day:

1 - Why am I a GNU/Linux/DEBIAN user?

  • Description
  • Presentation file
  • Speaker: Antonio C C Marques

2 - How to become an official member of Debian (DD or DM)

3 - Debian - the universal system

4 - The Debian Project wants you!

5 - Knowing the work of the Debian translation team

6 - Debian 101

We took advantage of the FTSL to sell several Debian branded merchandise produced by Curitiba Free Community to attendees. Just to remember that the profit is reverted to organize future Free Software events. You can see Debian branded merchandise in the photos below:

Among the new products we made, there is the "Debian Women" t-shirt to encourage the participation of more women in the Debian Project. To learn more about Debian Women Project see https://www.debian.org/women and the brazilian wiki https://wiki.debian.org/MulheresBrasil.

Adriana da Costa secured her t-shirt :-)

To buy the products online, see: http://loja.curitibalivre.org.br

We put the Debian community together to take a photo:

Left to right: Eriberto, Paulo, Adriana, Daniel, Antonio e Samuel

We are very grateful to the organizers of FTSL 2017 for their commitment to the organization of the event and the availability of space for our activities. Congratulations to the organization for the success of FTSL 2017.

Alisson Coelho and Christian Mendes - coordinators of the FTSL 2017 organization

You can see all photos here:

https://www.flickr.com/photos/curitibalivre/sets/72157661046698288

 



Debian Brasil estará no FTSL 2017 em Curitiba

14 de Setembro de 2017, 0:45, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Banner ftsl 2017 469x61

De 27 a 29 de setembro de 2017 acontecerá o IX Fórum de Tecnologia em Software Livre - FTSL, no Campus central da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR, mesmo local onde aconteceu a MiniDebConf Curitiba 2017 em março.

A inscrição para o FTSL é totalmente gratuita e dá acesso a todas as atividades. A programação do evento contará com palestras, oficinas, painéis e encontros de comunidades, divididos em seis salas e quatro laboratórios.

A comunidade Debian Brasil participará do FTSL por meio de uma trilha de palestras que acontecerão no dia 29 (sexta) das 10:00h às 17:00h na sala 4. Abaixo estão os detalhes das atividades:

09:00h

10:00h

11:00h

14:00h

15:00h

16:00h

  Banner ftsl 2017 debian

 



Como foi o Debian Day 2017 no Brasil

7 de Setembro de 2017, 16:06, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

O Debian Day (em português "Dia do Debian", ou ainda "Dia D") um evento internacional realizado anualmente no dia 16 de agosto, ou no sábado mais próximo, para comemorar o aniversário do Projeto Debian. Sendo um dia totalmente dedicado a divulgação e contribuições ao Debian.

Cada comunidade é livre para organizar a sua programação local, que pode ser um evento com palestras e/ou oficinas sobre Debian, ou um encontro em um bar/pizzaria/restaurante. Independente do tamanho do evento, o importante é promover o encontro da comunidade de software livre da cidade para celebrar o aniversário do maior projeto de software livre do mundo!

Historicamente o Brasil é o país com mais cidades organizando o Debian Day, e este ano não foi diferente. As comunidades de 7 cidades brasileiras organizaram o Debian Day em 2017:

Algumas destas cidades publicaram fotos dos seus eventos:

Achou legal? Em 2018 você também pode organizar um Debian Day na sua cidade.

 

  Logo debianday

 



An interview with Chris Lamb, the current Debian Project Leader

17 de Julho de 2017, 1:56, por Giovani Ferreira - 0sem comentários ainda

Chris lamb

In the last week Chris Lamb, current Debian Project Leader (DPL) gave an interview to Dionatan Vidal Simioni, owner of Diolinux - a brazilian blog of great audience with several themes FLOSS.

We contacted Dionatan and he sent us this interview now share in full with the Debian community.

The original post in Portuguese is available at: http://www.diolinux.com.br/2017/07/entrevistamos-chris-lamb-atual-lider-do-Debian.html

Diolinux: What is your name and function within the Debian project?

Chris: My name is Chris Lamb and I am the current Debian Project Leader (DPL), the official representative of the Debian Project. I go by the nickname "lamby" on IRC and @lolamby on Twitter.

The DPL has two main functions, one internal and one external. In the external function, I represent the Debian Project to others. This involves giving talks and presentations about Debian and attending conferences as well as forging relationships with other organisations and companies.

Internally, the Project Leader manages the project and defines its vision to some degree. They talk to other Debian developers to see how they can assist in their work, removing any potential blockers. A main task of the Project Leader therefore involves coordination and communication. Herding cats, as they say!

Diolinux: Since when do you perform this function?

Chris: After a 6-week campaigning and voting period, I was elected on April 17th.

Diolinux: What made you part of the Debian community?

Chris: My first experience with Debian was a happy accident. I had sent off for a five CD set of Red Hat from "The Linux Emporium", a company in the UK that shipped CDROMs of GNU/Linux distrbutions, an essential service prior to fast internet connections.

However, I was to discover I lacked the 12MB of RAM required to run the Red Hat installer. Annoyed, I reached for a Debian "potato" CD that was included (free-of-charge) in my order due to it being rather outdated, even at the time...

Fast-forwarding a few years, whilst my first contribution was trivial (a patch to the Lilypond music software editor) it was a fellow Debian Developer's infectious enthusiasm that led me to contribute more, becoming a Google Summer of Code student and eventually becoming an official Debian Developer in September 2008. Attending my first DebConf (the annual Debian conference) in Edinburgh, Scotland cemented my good view of the community.

Diolinux: How would you define the Debian project for people who already use linux?

Chris: At the time of writing, more than 10% of the web is powered by Debian. How many web sites would you have missed today without Debian? Debian is the operating system of choice on the international space station and countless universities, companies and public administrations rely on Debian to deliver services to millions of users around the world and beyond. Debian is a highly successful and is far more pervasive in our lives than people are aware of, even within the GNU/Linux community. It would be fair to say that Debian has a reputation for being an "expert"

Linux distribution. However, this is somewhat misleading and perhaps a little unfair; whilst there are many distributions that extend Debian to improve its user interface in various directions, the underlying core of Debian should not be feared. Our efforts are generally focused around releasing every 18 months or so; something we call Debian "stable". However, Debian also maintains the "testing" distribution, perhaps better understood as the "staging area" for the next release. There is also the "unstable" distribution which (despite the misleading name!) is completely usable as a day-to-day system. It is akin to the rolling variants of other distributions.

Diolinux: We all know that Debian's main goals are to have as stable a system as possible and be a multiarchitecture system, including support for different kernel types, not just Linux. Also, is there any future target for Debian that falls outside these standards? Is there any other goal that you are working to achieve?

Chris: You are right to point out that Debian supports non-Linux kernels, specifically the kfreebsd kernel. You may also be aware that there is highly experimental Hurd port too. Debian's technical diversity stretches beyond kernels however meaning that we are available on sorts of small devices, notably as the base of Raspbian on the Raspberry Pi, as well as supporting very large machines with 100GBs of RAM. We also ship with a huge choice of desktop environments and don't "require" you to use one or the other.

And for those who care about such things, it is perfectly possible to use Debian without systemd... "g"

Diolinux: We recently had information that there were several problems and bugs in Debian ISOs Live, which is really something unusual, little by little the problems are being corrected, however, through the mailing lists we were able to prove that there were missing testers for these ISOs. Would you like to know how the public can help debug Debian to make it better?

Chris: Clearly, the issue with the live ISOs show that there are gaps in our QA process. However, the team are introducing processes, both technical and non-technical, to ensure it cannot happen again.

In terms of how the community can help, testing beta versions of the images/installer is always appreciated; whilst the day-to-day distribution gets a lot of testing prior to release, the very context of an installation process means that it does not see as many "eyeballs."

Diolinux: You use Debian exclusively or you also use other distributions and operating systems? What is your point of view on using proprietary systems?

Chris: Currently, I not only exclusively use free software operating systems, they are all running Debian!

Diolinux: Listening to our readers, some have argued that there is no "easy-to-access" channel between Debian developers, the community, and the "end-user". What is the best way to get involved with the project? What kind of professionals and enthusiasts can be part of the Debian community?

Chris: There are many ways you can start. For users, try the "Welcome" page on the wiki:

    https://wiki.debian.org/Welcome/Users

For people interested in contributing, check out the overview here:

    https://www.debian.org/devel

...but also do check the "New Maintainer's Guide":

    https://www.debian.org/doc/manuals/maint-guide

Diolinux: How do you imagine Debian will be in 10 years?

Chris: Firstly, I would to imagine myself as still a contributor to the Debian project and I trust that many of the current developers will be too.

However, in terms of what the distribution itself will look like, Debian has always had a tradition of being shaped by user and developer demand as well as by the general efforts and standardisation in the free software community around certain software.

This is contrast to having a vision imposed on it "from high", one of the principal reasons why people choose Debian to begin with. There is no reason to think why this would be any different in the upcoming decade, meaning that it is extremely difficult to predict!

Diolinux: Leave a final message to the Diolinux blog audience.

Chris: Thanks for reading!


The Debian Brasil community thanks Diolinux for the content available for this publication and thanks Chris Lamb for his interview. This publication is of great importance for the promotion of the Debian Project in Brazil.



Brasileiros Mantenedores e Desenvolvedores Debian a partir de julho de 2015

2 de Julho de 2017, 11:00, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Desde de setembro de 2015, o time de publicidade do Projeto Debian passou a publicar a cada dois meses listas com os nomes dos novos Desenvolvedores Debian (DD - do inglês Debian Developer) e Mantenedores Debian (DM - do inglês Debian Maintainer).

Estamos aproveitando estas listas para publicar abaixo os nomes dos brasileiros que se tornaram Desenvolvedores e Mantenedores Debian a partir de julho de 2015.

Desenvolvedores Debian / Debian Developers / DDs:

Daniel Lenharo de Souza

  • Desde maio de 2017
  • Cidade de residência: Curitiba - PR

Giovani Augusto Ferreira

  • DDPO
  • Desde dezembro de 2016
  • Cidade de residência: Poço Fundo - MG

Adriano Rafael Gomes

  • Desde agosto de 2016
  • Cidade de residência: Novo Hamburgo - RS

Breno Leitão

  • DDPO
  • Desde agosto de 2016
  • Cidade de residência: Campinas - SP

Lucas Kanashiro

  • DDPO
  • Desde junho de 2016
  • Cidade de residência: Brasília - DF

Herbert Parentes Fortes Neto

  • DDPO
  • Desde junho de 2016
  • Cidade de residência: Rio de Janeiro – RJ

Mantenedores Debian / Debian Maintainers / DMs:

Paulo Henrique de Lima Santama

  • DDPO
  • Desde janeiro de 2017
  • Cidade de residência: Curitiba - PR

Samuel Henrique

  • DDPO
  • Desde setembro de 2016
  • Cidade de residência: Curitiba - PR

Tiago Ilieve

  • DDPO
  • Desde maio de 2016
  • Cidade de residência: Belo Horizonte - MG

Paulo Roberto Alves de Oliveira

  • DDPO
  • Desde novembro de 2015
  • Cidade de residência: São Vicente - SP

Sérgio Durigan Júnior

  • DDPO
  • Desde novembro de 2015
  • Cidade de residência: Toronto - Canadá

Márcio de Souza Oliveira

  • DDPO
  • Desde outubro de 2015
  • Cidade de residência: Brasília - DF

Observações:

  1. Esta lista será atualizada quando o time de publicidade do Debian publicar novas listas com DMs e DDs e tiver brasileiros.
  2. Para ver a lista completa de Mantenedores e Desenvolvedores Debian, inclusive outros brasileiros antes de julho de 2015 acesse: https://nm.debian.org/public/people

 



Lançado o Debian 9 - Stretch

18 de Junho de 2017, 16:35, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Banner stretch 380 Depois de 26 meses de desenvolvimento, o projeto Debian tem o orgulho de apresentar a sua nova versão estável 9 (codinome Stretch), que será suportada durante os próximos 5 anos, graças ao trabalho combinado da equipe de Segurança do Debian e da equipe de Suporte de Longo Prazo do Debian.

O Debian 9 é dedicado ao fundador do projeto, Ian Murdock, que faleceu em 28 de dezembro de 2015.

Na Stretch, a variante MySQL padrão agora é o MariaDB. A substituição dos pacotes do MySQL 5.5 ou 5.6 pela variante MariaDB 10.1 acontecerá automaticamente na atualização.

O Firefox e o Thunderbird retornam ao Debian com o lançamento da Stretch, e substituem as suas versões com as marcas removidas Iceweasel e Icedove, que estiveram presentes no repositório por mais de 10 anos.

Graças ao projeto "Reproducible Builds", mais de 90% dos pacotes fonte incluídos no Debian 9 construirão pacotes binários idênticos bit-a-bit. Essa é uma funcionalidade de verificação importante que protege os usuários contra tentativas maliciosas de adulterar compiladores e redes de construção. Versões futuras do Debian incluirão ferramentas e metadados para que usuários finais possam validar a procedência de pacotes dentro do repositório.

Administradores e aquelas pessoas que estão em ambientes sensíveis a segurança podem se confortar em saber que o sistema gráfico X não exige mais privilégios de "root" para executar.

A versão Stretch é a primeira versão do Debian a apresentar a ramificação "modern" do GnuPG no pacote "gnupg". Isso traz criptografia de curva elíptica, padrões melhores, uma arquitetura mais modular e suporte melhorado a smartcards. Nós continuaremos a fornecer a ramificação "classic" do GnuPG como gnupg1 para pessoas que precisam dela, mas agora ela está obsoleta.

Os pacotes de depuração estão mais fáceis de obter e usar no Debian 9 Stretch. Um novo repositório "dbg-sym" pode ser adicionado à lista de fontes do APT para fornecer símbolos de depuração automaticamente para vários pacotes.

O suporte a UEFI ("Unified Extensible Firmware Interface"), introduzido primeiramente na "Wheezy", continua a ser consideravelmente melhorado na Stretch, e também suporta a instalação em firmware UEFI de 32 bits com um kernel de 64 bits. As imagens Debian live agora incluem suporte à inicialização UEFI como uma nova funcionalidade, também.

Esta versão inclui vários pacotes de software atualizados, tais como:

  • Apache 2.4.25
  • Asterisk 13.14.1
  • Chromium 59.0.3071.86
  • Firefox 45.9 (no pacote firefox-esr)
  • GIMP 2.8.18
  • Uma versão atualizada do ambiente de área de trabalho GNOME 3.22
  • Coleção de Compiladores GNU 6.3
  • GnuPG 2.1
  • Golang 1.7
  • KDE Frameworks 5.28, KDE Plasma 5.8, KDE Applications 16.08 e 16.04 para componentes PIM
  • LibreOffice 5.2
  • Linux 4.9
  • MariaDB 10.1
  • MATE 1.16
  • OpenJDK 8
  • Perl 5.24
  • PHP 7.0
  • PostgreSQL 9.6
  • Python 2.7.13 e 3.5.3
  • Ruby 2.3
  • Samba 4.5
  • systemd 232
  • Thunderbird 45.8
  • Tomcat 8.5
  • Xen Hypervisor
  • O ambiente de área de trabalho Xfce 4.12
  • Mais de 51.000 outros pacotes de software prontos para uso, construídos a partir de pouco mais de 25.000 pacotes fonte.

Com essa ampla seleção de pacotes e seu tradicional amplo suporte de arquiteturas, o Debian mais uma vez se mantém fiel ao seu objetivo de ser o sistema operacional universal. Ele é apropriado para muitos casos diferentes de uso: de sistemas desktop a netbooks; de servidores de desenvolvimento a sistemas de cluster; e para servidores de bancos de dados, web ou armazenamento. Ao mesmo tempo, esforços adicionais para garantia de qualidade, como instalação automática e testes de atualização para todos os pacotes do repositório do Debian asseguram que a Stretch satisfaz as altas expectativas que os usuários têm de uma versão estável do Debian.

Um total de dez arquiteturas são suportadas: PC de 64 bits / Intel EM64T / x86-64 (amd64), PC de 32 bits / Intel IA-32 (i386), PowerPC de 64 bits little-endian da Motorola/IBM (ppc64el), IBM S/390 de 64 bits (s390x), para ARM, armel e armhf para hardware de 32 bits antigo e mais recente, além de arm64 para a arquitetura de 64 bits "AArch64", e para MIPS, em adição às duas arquiteturas de 32 bits mips (big-endian) e mipsel (little-endian), há uma nova arquitetura mips64el para hardware de 64 bits little-endian. O suporte para PowerPC de 32 bits da Motorola/IBM (powerpc) foi removido na "Stretch ".

Caso você queira simplesmente testar o Debian 9 Stretch sem ter que instalá-lo, você pode usar uma das imagens live disponíveis, que carregam e executam o sistema operacional completo em um estado somente de leitura através da memória do seu computador. Se você gostar do sistema operacional, você tem a opção de instalá-lo no disco rígido do seu computador a partir da imagem live. A imagem live está disponível para CDs, pendrives USB e configurações com inicialização via rede. Inicialmente, essas imagens são fornecidas apenas para as arquiteturas amd64 e i386. Mais informações estão disponíveis na seção de imagens de instalação live no site web do Debian.

Caso você prefira instalar o Debian 9 Stretch diretamente no disco rígido do seu computador, você pode escolher entre uma variedade de mídias de instalação, tais como discos Blu-ray, DVDs, CDs e pendrives USB, ou através da rede interna. Diversos ambientes de área de trabalho — GNOME, área de trabalho KDE Plasma e seus aplicativos, LXDE e Xfce — podem ser instalados através dessas imagens com a sua seleção desejada escolhida a partir dos menus de inicialização das mídias de instalação. Além disso, CDs e DVDs multiarquitetura estão disponíveis, os quais suportam instalação de múltiplas arquiteturas a partir de um único disco. Ou você sempre pode criar uma mídia de instalação USB inicializável (veja o Guia de Instalação para mais detalhes). Para usuários de nuvem, o Debian também oferece imagens OpenStack pré-construídas para as arquiteturas amd64 e arm64, prontas para uso.

O Debian agora pode ser instalado em 75 idiomas, com a maioria deles disponível tanto em interfaces de usuário baseadas em texto como gráficas.

As imagens de instalação podem ser baixadas agora mesmo via bittorrent (o método recomendado), jigdo ou HTTP; veja Debian em CDs para informações adicionais. A Stretch em breve estará disponível em mídias físicas de DVD, CD-ROM e discos Blu-ray a partir de vários fornecedores, também.

As atualizações para o Debian 9 a partir da versão anterior, Debian 8 (codinome "Jessie"), são tratadas automaticamente pela ferramenta de gerenciamento de pacotes apt-get na maioria das configurações. Como sempre, os sistemas Debian podem ser atualizados de forma indolor, no local, sem qualquer indisponibilidade forçada, mas é fortemente recomendado ler as notas de lançamento, assim como o guia de instalação para possíveis problemas, e para instruções detalhadas de como instalar e atualizar. As notas de lançamento serão melhoradas e traduzidas para outros idiomas nas semanas após o lançamento.

Sobre o Debian

O Debian é um sistema operacional livre, desenvolvido por milhares de voluntários ao redor do mundo que colaboram através da Internet. O pontos chave do projeto Debian são a sua base de voluntários, a sua dedicação ao Contrato Social do Debian e ao Software Livre, e o seu compromisso de fornecer o melhor sistema operacional possível. Este novo lançamento é outro passo importante nessa direção.

Informações de contato

Para mais informações, por favor, visite as páginas web do Debian em https://www.debian.org ou envie um e-mail (em inglês) para
<press@debian.org>.

Observação:

Texto original em: https://www.debian.org/News/2017/20170617.pt.html