Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

Debian Brasil

Divulgação

DebConf17

Latinoware 2016

Fotos no FISL17

Fotos na CPBR9

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

blog

7 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Vicente Aguiar - | 1 pessoa seguindo este artigo.

An interview with Chris Lamb, the current Debian Project Leader

17 de Julho de 2017, 1:56, por Giovani Ferreira - 0sem comentários ainda

Chris lamb

In the last week Chris Lamb, current Debian Project Leader (DPL) gave an interview to Dionatan Vidal Simioni, owner of Diolinux - a brazilian blog of great audience with several themes FLOSS.

We contacted Dionatan and he sent us this interview now share in full with the Debian community.

The original post in Portuguese is available at: http://www.diolinux.com.br/2017/07/entrevistamos-chris-lamb-atual-lider-do-Debian.html

Diolinux: What is your name and function within the Debian project?

Chris: My name is Chris Lamb and I am the current Debian Project Leader (DPL), the official representative of the Debian Project. I go by the nickname "lamby" on IRC and @lolamby on Twitter.

The DPL has two main functions, one internal and one external. In the external function, I represent the Debian Project to others. This involves giving talks and presentations about Debian and attending conferences as well as forging relationships with other organisations and companies.

Internally, the Project Leader manages the project and defines its vision to some degree. They talk to other Debian developers to see how they can assist in their work, removing any potential blockers. A main task of the Project Leader therefore involves coordination and communication. Herding cats, as they say!

Diolinux: Since when do you perform this function?

Chris: After a 6-week campaigning and voting period, I was elected on April 17th.

Diolinux: What made you part of the Debian community?

Chris: My first experience with Debian was a happy accident. I had sent off for a five CD set of Red Hat from "The Linux Emporium", a company in the UK that shipped CDROMs of GNU/Linux distrbutions, an essential service prior to fast internet connections.

However, I was to discover I lacked the 12MB of RAM required to run the Red Hat installer. Annoyed, I reached for a Debian "potato" CD that was included (free-of-charge) in my order due to it being rather outdated, even at the time...

Fast-forwarding a few years, whilst my first contribution was trivial (a patch to the Lilypond music software editor) it was a fellow Debian Developer's infectious enthusiasm that led me to contribute more, becoming a Google Summer of Code student and eventually becoming an official Debian Developer in September 2008. Attending my first DebConf (the annual Debian conference) in Edinburgh, Scotland cemented my good view of the community.

Diolinux: How would you define the Debian project for people who already use linux?

Chris: At the time of writing, more than 10% of the web is powered by Debian. How many web sites would you have missed today without Debian? Debian is the operating system of choice on the international space station and countless universities, companies and public administrations rely on Debian to deliver services to millions of users around the world and beyond. Debian is a highly successful and is far more pervasive in our lives than people are aware of, even within the GNU/Linux community. It would be fair to say that Debian has a reputation for being an "expert"

Linux distribution. However, this is somewhat misleading and perhaps a little unfair; whilst there are many distributions that extend Debian to improve its user interface in various directions, the underlying core of Debian should not be feared. Our efforts are generally focused around releasing every 18 months or so; something we call Debian "stable". However, Debian also maintains the "testing" distribution, perhaps better understood as the "staging area" for the next release. There is also the "unstable" distribution which (despite the misleading name!) is completely usable as a day-to-day system. It is akin to the rolling variants of other distributions.

Diolinux: We all know that Debian's main goals are to have as stable a system as possible and be a multiarchitecture system, including support for different kernel types, not just Linux. Also, is there any future target for Debian that falls outside these standards? Is there any other goal that you are working to achieve?

Chris: You are right to point out that Debian supports non-Linux kernels, specifically the kfreebsd kernel. You may also be aware that there is highly experimental Hurd port too. Debian's technical diversity stretches beyond kernels however meaning that we are available on sorts of small devices, notably as the base of Raspbian on the Raspberry Pi, as well as supporting very large machines with 100GBs of RAM. We also ship with a huge choice of desktop environments and don't "require" you to use one or the other.

And for those who care about such things, it is perfectly possible to use Debian without systemd... "g"

Diolinux: We recently had information that there were several problems and bugs in Debian ISOs Live, which is really something unusual, little by little the problems are being corrected, however, through the mailing lists we were able to prove that there were missing testers for these ISOs. Would you like to know how the public can help debug Debian to make it better?

Chris: Clearly, the issue with the live ISOs show that there are gaps in our QA process. However, the team are introducing processes, both technical and non-technical, to ensure it cannot happen again.

In terms of how the community can help, testing beta versions of the images/installer is always appreciated; whilst the day-to-day distribution gets a lot of testing prior to release, the very context of an installation process means that it does not see as many "eyeballs."

Diolinux: You use Debian exclusively or you also use other distributions and operating systems? What is your point of view on using proprietary systems?

Chris: Currently, I not only exclusively use free software operating systems, they are all running Debian!

Diolinux: Listening to our readers, some have argued that there is no "easy-to-access" channel between Debian developers, the community, and the "end-user". What is the best way to get involved with the project? What kind of professionals and enthusiasts can be part of the Debian community?

Chris: There are many ways you can start. For users, try the "Welcome" page on the wiki:

    https://wiki.debian.org/Welcome/Users

For people interested in contributing, check out the overview here:

    https://www.debian.org/devel

...but also do check the "New Maintainer's Guide":

    https://www.debian.org/doc/manuals/maint-guide

Diolinux: How do you imagine Debian will be in 10 years?

Chris: Firstly, I would to imagine myself as still a contributor to the Debian project and I trust that many of the current developers will be too.

However, in terms of what the distribution itself will look like, Debian has always had a tradition of being shaped by user and developer demand as well as by the general efforts and standardisation in the free software community around certain software.

This is contrast to having a vision imposed on it "from high", one of the principal reasons why people choose Debian to begin with. There is no reason to think why this would be any different in the upcoming decade, meaning that it is extremely difficult to predict!

Diolinux: Leave a final message to the Diolinux blog audience.

Chris: Thanks for reading!


The Debian Brasil community thanks Diolinux for the content available for this publication and thanks Chris Lamb for his interview. This publication is of great importance for the promotion of the Debian Project in Brazil.



Brasileiros Mantenedores e Desenvolvedores Debian a partir de julho de 2015

2 de Julho de 2017, 11:00, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Desde de setembro de 2015, o time de publicidade do Projeto Debian passou a publicar a cada dois meses listas com os nomes dos novos Desenvolvedores Debian (DD - do inglês Debian Developer) e Mantenedores Debian (DM - do inglês Debian Maintainer).

Estamos aproveitando estas listas para publicar abaixo os nomes dos brasileiros que se tornaram Desenvolvedores e Mantenedores Debian a partir de julho de 2015.

Desenvolvedores Debian / Debian Developers / DDs:

Daniel Lenharo de Souza

  • Desde maio de 2017
  • Cidade de residência: Curitiba - PR

Giovani Augusto Ferreira

  • DDPO
  • Desde dezembro de 2016
  • Cidade de residência: Poço Fundo - MG

Adriano Rafael Gomes

  • Desde agosto de 2016
  • Cidade de residência: Novo Hamburgo - RS

Breno Leitão

  • DDPO
  • Desde agosto de 2016
  • Cidade de residência: Campinas - SP

Lucas Kanashiro

  • DDPO
  • Desde junho de 2016
  • Cidade de residência: Brasília - DF

Herbert Parentes Fortes Neto

  • DDPO
  • Desde junho de 2016
  • Cidade de residência: Rio de Janeiro – RJ

Mantenedores Debian / Debian Maintainers / DMs:

Paulo Henrique de Lima Santama

  • DDPO
  • Desde janeiro de 2017
  • Cidade de residência: Curitiba - PR

Samuel Henrique

  • DDPO
  • Desde setembro de 2016
  • Cidade de residência: Curitiba - PR

Tiago Ilieve

  • DDPO
  • Desde maio de 2016
  • Cidade de residência: Belo Horizonte - MG

Paulo Roberto Alves de Oliveira

  • DDPO
  • Desde novembro de 2015
  • Cidade de residência: São Vicente - SP

Sérgio Durigan Júnior

  • DDPO
  • Desde novembro de 2015
  • Cidade de residência: Toronto - Canadá

Márcio de Souza Oliveira

  • DDPO
  • Desde outubro de 2015
  • Cidade de residência: Brasília - DF

Observações:

  1. Esta lista será atualizada quando o time de publicidade do Debian publicar novas listas com DMs e DDs e tiver brasileiros.
  2. Para ver a lista completa de Mantenedores e Desenvolvedores Debian, inclusive outros brasileiros antes de julho de 2015 acesse: https://nm.debian.org/public/people

 



Lançado o Debian 9 - Stretch

18 de Junho de 2017, 16:35, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Banner stretch 380 Depois de 26 meses de desenvolvimento, o projeto Debian tem o orgulho de apresentar a sua nova versão estável 9 (codinome Stretch), que será suportada durante os próximos 5 anos, graças ao trabalho combinado da equipe de Segurança do Debian e da equipe de Suporte de Longo Prazo do Debian.

O Debian 9 é dedicado ao fundador do projeto, Ian Murdock, que faleceu em 28 de dezembro de 2015.

Na Stretch, a variante MySQL padrão agora é o MariaDB. A substituição dos pacotes do MySQL 5.5 ou 5.6 pela variante MariaDB 10.1 acontecerá automaticamente na atualização.

O Firefox e o Thunderbird retornam ao Debian com o lançamento da Stretch, e substituem as suas versões com as marcas removidas Iceweasel e Icedove, que estiveram presentes no repositório por mais de 10 anos.

Graças ao projeto "Reproducible Builds", mais de 90% dos pacotes fonte incluídos no Debian 9 construirão pacotes binários idênticos bit-a-bit. Essa é uma funcionalidade de verificação importante que protege os usuários contra tentativas maliciosas de adulterar compiladores e redes de construção. Versões futuras do Debian incluirão ferramentas e metadados para que usuários finais possam validar a procedência de pacotes dentro do repositório.

Administradores e aquelas pessoas que estão em ambientes sensíveis a segurança podem se confortar em saber que o sistema gráfico X não exige mais privilégios de "root" para executar.

A versão Stretch é a primeira versão do Debian a apresentar a ramificação "modern" do GnuPG no pacote "gnupg". Isso traz criptografia de curva elíptica, padrões melhores, uma arquitetura mais modular e suporte melhorado a smartcards. Nós continuaremos a fornecer a ramificação "classic" do GnuPG como gnupg1 para pessoas que precisam dela, mas agora ela está obsoleta.

Os pacotes de depuração estão mais fáceis de obter e usar no Debian 9 Stretch. Um novo repositório "dbg-sym" pode ser adicionado à lista de fontes do APT para fornecer símbolos de depuração automaticamente para vários pacotes.

O suporte a UEFI ("Unified Extensible Firmware Interface"), introduzido primeiramente na "Wheezy", continua a ser consideravelmente melhorado na Stretch, e também suporta a instalação em firmware UEFI de 32 bits com um kernel de 64 bits. As imagens Debian live agora incluem suporte à inicialização UEFI como uma nova funcionalidade, também.

Esta versão inclui vários pacotes de software atualizados, tais como:

  • Apache 2.4.25
  • Asterisk 13.14.1
  • Chromium 59.0.3071.86
  • Firefox 45.9 (no pacote firefox-esr)
  • GIMP 2.8.18
  • Uma versão atualizada do ambiente de área de trabalho GNOME 3.22
  • Coleção de Compiladores GNU 6.3
  • GnuPG 2.1
  • Golang 1.7
  • KDE Frameworks 5.28, KDE Plasma 5.8, KDE Applications 16.08 e 16.04 para componentes PIM
  • LibreOffice 5.2
  • Linux 4.9
  • MariaDB 10.1
  • MATE 1.16
  • OpenJDK 8
  • Perl 5.24
  • PHP 7.0
  • PostgreSQL 9.6
  • Python 2.7.13 e 3.5.3
  • Ruby 2.3
  • Samba 4.5
  • systemd 232
  • Thunderbird 45.8
  • Tomcat 8.5
  • Xen Hypervisor
  • O ambiente de área de trabalho Xfce 4.12
  • Mais de 51.000 outros pacotes de software prontos para uso, construídos a partir de pouco mais de 25.000 pacotes fonte.

Com essa ampla seleção de pacotes e seu tradicional amplo suporte de arquiteturas, o Debian mais uma vez se mantém fiel ao seu objetivo de ser o sistema operacional universal. Ele é apropriado para muitos casos diferentes de uso: de sistemas desktop a netbooks; de servidores de desenvolvimento a sistemas de cluster; e para servidores de bancos de dados, web ou armazenamento. Ao mesmo tempo, esforços adicionais para garantia de qualidade, como instalação automática e testes de atualização para todos os pacotes do repositório do Debian asseguram que a Stretch satisfaz as altas expectativas que os usuários têm de uma versão estável do Debian.

Um total de dez arquiteturas são suportadas: PC de 64 bits / Intel EM64T / x86-64 (amd64), PC de 32 bits / Intel IA-32 (i386), PowerPC de 64 bits little-endian da Motorola/IBM (ppc64el), IBM S/390 de 64 bits (s390x), para ARM, armel e armhf para hardware de 32 bits antigo e mais recente, além de arm64 para a arquitetura de 64 bits "AArch64", e para MIPS, em adição às duas arquiteturas de 32 bits mips (big-endian) e mipsel (little-endian), há uma nova arquitetura mips64el para hardware de 64 bits little-endian. O suporte para PowerPC de 32 bits da Motorola/IBM (powerpc) foi removido na "Stretch ".

Caso você queira simplesmente testar o Debian 9 Stretch sem ter que instalá-lo, você pode usar uma das imagens live disponíveis, que carregam e executam o sistema operacional completo em um estado somente de leitura através da memória do seu computador. Se você gostar do sistema operacional, você tem a opção de instalá-lo no disco rígido do seu computador a partir da imagem live. A imagem live está disponível para CDs, pendrives USB e configurações com inicialização via rede. Inicialmente, essas imagens são fornecidas apenas para as arquiteturas amd64 e i386. Mais informações estão disponíveis na seção de imagens de instalação live no site web do Debian.

Caso você prefira instalar o Debian 9 Stretch diretamente no disco rígido do seu computador, você pode escolher entre uma variedade de mídias de instalação, tais como discos Blu-ray, DVDs, CDs e pendrives USB, ou através da rede interna. Diversos ambientes de área de trabalho — GNOME, área de trabalho KDE Plasma e seus aplicativos, LXDE e Xfce — podem ser instalados através dessas imagens com a sua seleção desejada escolhida a partir dos menus de inicialização das mídias de instalação. Além disso, CDs e DVDs multiarquitetura estão disponíveis, os quais suportam instalação de múltiplas arquiteturas a partir de um único disco. Ou você sempre pode criar uma mídia de instalação USB inicializável (veja o Guia de Instalação para mais detalhes). Para usuários de nuvem, o Debian também oferece imagens OpenStack pré-construídas para as arquiteturas amd64 e arm64, prontas para uso.

O Debian agora pode ser instalado em 75 idiomas, com a maioria deles disponível tanto em interfaces de usuário baseadas em texto como gráficas.

As imagens de instalação podem ser baixadas agora mesmo via bittorrent (o método recomendado), jigdo ou HTTP; veja Debian em CDs para informações adicionais. A Stretch em breve estará disponível em mídias físicas de DVD, CD-ROM e discos Blu-ray a partir de vários fornecedores, também.

As atualizações para o Debian 9 a partir da versão anterior, Debian 8 (codinome "Jessie"), são tratadas automaticamente pela ferramenta de gerenciamento de pacotes apt-get na maioria das configurações. Como sempre, os sistemas Debian podem ser atualizados de forma indolor, no local, sem qualquer indisponibilidade forçada, mas é fortemente recomendado ler as notas de lançamento, assim como o guia de instalação para possíveis problemas, e para instruções detalhadas de como instalar e atualizar. As notas de lançamento serão melhoradas e traduzidas para outros idiomas nas semanas após o lançamento.

Sobre o Debian

O Debian é um sistema operacional livre, desenvolvido por milhares de voluntários ao redor do mundo que colaboram através da Internet. O pontos chave do projeto Debian são a sua base de voluntários, a sua dedicação ao Contrato Social do Debian e ao Software Livre, e o seu compromisso de fornecer o melhor sistema operacional possível. Este novo lançamento é outro passo importante nessa direção.

Informações de contato

Para mais informações, por favor, visite as páginas web do Debian em https://www.debian.org ou envie um e-mail (em inglês) para
<press@debian.org>.

Observação:

Texto original em: https://www.debian.org/News/2017/20170617.pt.html



Bem-vindo Debian 9 Stretch

17 de Junho de 2017, 21:21, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda



Debian Brasil at Cryptorave 2017

9 de Maio de 2017, 11:57, por Daniel Lenharo de Souza - 0sem comentários ainda

The House of the People (Casa do Povo) received during the days 5th and 6th of May the 2017 edition of Cryptorave, inspired by the global and decentralized action of CryptoParty, which aims to spread the fundamental concepts and basic cryptography software. During 24 hours there were activities on security, encryption, hacking, anonymity, privacy and freedom on the network. The Debian Community was present, represented by the Brazilian contributors Daniel Lenharo and Giovani Ferreira.

CryptoRave shows affinity with the Debian Project by recommending the Debian GNU/Linux and Tails among the softwares that respects users privacy, and also an tribute to the project's founder, one of the rooms of the event was named Ian Murdock.

During the event, in a space provided by the organization, the sale of Debian products (t-shirts, keyrings, bottons, stickers, etc.) took place and talked about the project and finding new people to contribute. In this sense, Daniel Lenharo held a talk called "The debian wants you" in which in addition to talking about the project presented to the public various ways to contribute to the debian project. "Make Debian present in an event of the importance of Cryptorave is amazing.  In these 24 hours we can learn and collaborate in this process of incredible exchange of knowledge that is formed in this event. Also know that our project is useful and people are proud to display Our swirl is something incredible. Surely after the event, we will have more people using and collaborating with our community." Says Lenharo.

We thank Cryptorave's organization for the space provided and we look forward to 2018!!

 

Lenharo Falando Debian

Daniel Lenharo talking about Debian.

 

Daniel Lenharo and Giovani Ferreira promoting Debian.

 

Daniel Lenharo and Giovani Ferreira at Debian Project Founder banner.



Debian Brasil na Cryptorave 2017

9 de Maio de 2017, 11:44, por Daniel Lenharo de Souza - 0sem comentários ainda

A Casa do Povo recebeu durante os dias 5 e 6 de Maio a edição 2017 da Cryptorave, inspirado na ação global e descentraliza da CryptoParty, a qual têm como objetivo difundir os conceitos fundamentais e softwares básicos de criptografia. Durante 24 horas foram apresentandas atividades sobre segurança, criptografia, hacking, anonimato, privacidade e liberdade na rede. A Comunidade Debian esteve presente, representada pelos contribuidores brasileiros Daniel Lenharo e Giovani Ferreira.

A CryptoRave mostra afinidade com o Projeto Debian ao recomendar as distribuições Debian GNU/Linux e Tails dentre os softwares que respeitam a privacidade dos usuários, e também em uma homenagem ao fundaddor do projeto, uma das salas do evento recebeu o nome de Ian Murdock.

Durante o evento, em um espaço cedido pela organização, realizou-se a venda de produtos Debian (camisetas, chaveiros, bottons, Adesivos, etc.) e aproveitou-se para falar sobre o projeto e buscar novas pessoas à contribuir. Nesse sentido, Daniel Lenharo realizou uma palestra chamada "O debian quer você" em que além de falar sobre o projeto apresentou ao públicos diversas formas de contribuir ao projeto Debian. "Fazer o Debian estar presente em um evento da importância da Cryptorave é sensacional. Saber que nosso projeto é util e as pessoas sentem orgulho de exibir nossa espiral é algo incrível. Com certeza após o evento, teremos mais pessoas utilizando e colaborando com nossa comunidade", afirma Lenharo.

Agradecemos à organização da Cryptorave pelo espaço cedido e esperamos por 2018!!

 

Lenharo Falando Debian

Palestra de Daniel Lenharo sobre o Debian.

 

Daniel Lenharo e Giovani Ferreira na Mesa, divulgando o projeto Debian.

 

Daniel Lenharo e Giovani Ferreira, Junto ao Banner com nome da Sala do criador do Projeto Debian



Chamada de propostas para o Dia Livre (Open Day) na DebConf17

23 de Abril de 2017, 19:34, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

O time da DebConf gostaria de anunciar a chamada de propostas para o Dia Livre (Open Day) na DebConf17, um dia inteiro dedicado a sessões sobre Debian e Software Livre, e destinado ao público em geral. O Dia Livre antecederá a DebConf17 e será realizado em Montreal, Canadá, no dia 05 de agosto de 2017.

O Dia Livre na DebConf será uma grande oportunidade para usuários, desenvolvedores, e pessoas simplesmente curiosas sobre o nosso trabalho, conhecerem e aprenderem sobre o Projeto Debian, Software Livre em geral e tópicos relacionados.

Submeta sua proposta

Nós estamos recebendo as submissões de oficinas, apresentações ou qualquer outra atividade que envolva Debian e Software Livre. São aceitas atividades em inglês e francês.

Aqui estão algumas ideias de conteúdos que nós adoraríamos oferecer durante o Dia Livre. Essa lista não é definitiva, sinta-se livre para propor outras ideias!

  • Uma introdução aos vários aspectos do Projeto Debian
  • Palestras sobre Debian e Software Livre nas artes, educação e/ou pesquisas
  • Um passo a passo sobre como contribuir com projetos de Software Livre
  • Software Livre & Privacidade/Vigilância
  • Uma introdução a programação e/ou manuseio de hardware
  • Uma oficina sobre a sua parte favorita do Software Livre
  • Uma apresentação sobre o seu projeto relacionado a Software Livre favorito (grupo de usuários, grupo de militantes, etc)

Para submeter a sua proposta, por favor preencha o formulário em:

https://debconf17.debconf.org/talks/new

Voluntários

Nós precisamos de voluntários para ajudar a garantir que o Dia Livre será um sucesso! Nós estamos procurando especialmente pessoas acostumadas com o instalador do Debian para participarem do install fest Debian, como suporte para as pessoas que procuram ajuda para instalar o Debian em suas máquinas.

Se você está interessado, por favor adicione o seu nome na nossa wiki:

https://wiki.debconf.org/wiki/DebConf17/OpenDay#Installfest

Participação

A participação no Dia Livre é gratuita e não é obrigatório nenhuma inscrição.

A programação do Dia Livre será anunciada em junho de 2017.



MiniDebConf Curitiba 2017 - um breve relato

30 de Março de 2017, 16:50, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Foto banner minidebconf2017

Com esta segunda edição da MiniDebConf Curitiba, o evento se consolida como o principal encontro da comunidade brasileiras de usuários e desenvolvedores Debian.

De 17 a 19 de março de 2017 foi realizada a segunda edição da MiniDebConf Curitiba 2017 no Campus central da UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, em Curitiba - PR.

No dia 17 (sexta-feira) o evento aconteceu das 14:00h às 19:00h no miniauditório, iniciando com a abertura oficial da MiniDebConf Curitiba 2017 seguida de 03 palestras. Nos dias 18 e 19 (sábado e domingo) as atividades aconteceram das 10:00h às 19:00h paralelamente em ambientes diferentes: no miniauditório, em uma sala ao lado da secretaria, e em dois laboratórios.

Números da edição 2017

Durante os três dias de evento aconteceram diversas atividades para todos os níveis de usuários e colaboradores do projeto Debian. A programação oficial foi composta de:

  • 16 palestras de todos os níveis;
  • 06 oficinas para atividades do tipo mão na massa;
  • 06 lightning talks sobre temas diversos;
  • Install fest para instalar Debian nos notebook dos participantes;
  • BSP (Bug Squashing Party - Festa de Caça à Bugs) que colaborou na resolução de alguns bugs críticos e consequentemente foi uma preciosa contribuição da comunidade brasileira para o lançamento da versão 9 - codinome Stretch, que deve acontecer em breve.

Os números finais da MiniDebConf Curitiba 2017 são os seguintes:

  • Total de pessoas inscritas: 342
  • Total de pessoas presentes: 143

Dos 143 participantes, 12 eram contribuidores oficiais brasileiros sendo 7 DDs (Debian Developers) e 5 (Debian Maintainers). A organização foi realizada por 9 pessoas que começaram a trabalhar ainda no final de 2016 e 22 voluntários que ajudaram durante o evento.

A diferença entre o número de pessoas inscritas e o número de pessoas presentes provavelmente se explica pelo fato de não haver cobrança de inscrição, então se a pessoa desistir de ir ao evento ela não terá prejuízo financeiro.

A edição 2017 da MiniDebconf Curitiba mostra o resultado dos constantes esforços realizados ao longo dos últimos anos para atrair mais colaboradores para a comunidade Debian no Brasil. Esse resultado pode ser visto nos números comparados a edição de 2016: houve um aumento de 68% no número de participantes; aumento em 50% do número de palestras na grade; maior diversidade de temas e elevação do nível técnico das atividades e; entre as edições de 2016 e 2017, 4 pessoas se tornaram Debian Developer e 3 Debian Maintainer. Você pode ler o relato da MiniDebConf 2016.

Minidebconf2017 banners

 

Participação feminina

Tivemos a presença de 32 mulheres entre participantes, voluntárias e organizadoras, mas infelizmente não tivemos nenhuma palestrante mulher. Apesar do esforço da organização para parantir palestrantes mulheres que pudessem falar sobre temas relacionados ao Debian, isso não foi possível. Foi discutida a possibilidade de trazer pela menos uma Debian Developer estrangeira da Europa, mas os recursos financeiros não foram suficientes.

A organização reconhece esta falha e reforça a necessidade da campanha iniciada ano passado para promover a maior participação de mulheres contribuindo para o Projeto Debian e palestrando sobre temas relacionados. O Brasil tem duas mulheres Debian Developers mas atualmente elas moram fora do país. O objetivo nos próximos anos é aumentar este número.

Minidebconf2017 mulheres

 

Campanha de financiamento coletivo

Uma novidade importante marcou esta edição da MiniDebConf: elaboramos uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) e conseguimos arrecadar o dinheiro para custear as despesas diversas como materiais gráficos (crachás, cartazes, banners de lona), cordões de crachá, coffee-breaks, diárias do pessoal que trabalhou no final de semana no auditório e nos laboratórios da Universidade, etc. O crowdfunding foi uma experência inédita, até então não tínhamos relato de tal iniciativa e isso mostra mais uma vez a força e empenho da comunidade. A meta inicial era de R$ 2.000,00 e foram arrecadados R$ 2.800,00 com a colaboração de 52 doadores do Brasil e do exterior.

Cada participante recebeu: crachá, cordão de crachá com a logo do Debian, cubo de papel para montar com dicas de como contribuir com o Debian.

Prestação de contas.

 

Minidebconf2017 doadores

 

Venda de produtos

Não podemos deixar de comentar da tradicional lojinha, que se faz presente em todos os eventos, com diversos produtos como camisetas, chaveiros, bottons, canecas e adesivos. Os valores arrecados com a venda dos diversos produtos é totalmente revertida para custear a realização dos eventos Debian no Brasil e também outros eventos organizados pela Comunidade Curitiba Livre.

Minidebconf2017 lojinha

 

Bug Squashing Party - Festa de Caça à Bugs (BSP)

Durante o evento realizamos uma Bug Squashing Party (BSP), onde visamos resolver bugs críticos que impedissem o lançamento da próxima versão estável do Debian (Stretch). Apesar de ter acontecido paralelamente a diversas atividades dentro da programação do evento, conseguimos nos dedicar uma parte do tempo e enviar patches para solucionar 3 bugs críticos. Além dos 3 bugs fechados, houve a descoberta de um bug grave que afetava updates Jessie -> Stretch, este bug foi reportado por um participante do evento e este teve ajuda de um DM, que não estava participando do BSP, mas que o auxiliou na abertura do bugreport e na resolução do mesmo (#858200).

Consideramos um bom resultado, já que tivemos 3 pessoas trabalhando nessa atividade no decorrer dos dias, sendo essa uma contribuição valiosa da comunidade Debian Brasil em um curto espaço de tempo.

Minidebconf2017 bsp

 

Fotos e vídeos

Fizemos um esforço para transmitir ao vivo as atividades que aconteceram no miniauditório e gravamos para disponibilizar os arquivos no repositório de vídeos do Debian. Você pode assistir as palestras no link abaixo:

http://ftp.acc.umu.se/pub/debian-meetings/2017/mini-debconf-curitiba

Fotógrafos voluntários ajudaram a registrar todo o evento e as fotos estão no link:

http://deb.li/2017br

Uso de redes sociais livres

Desde o início da organização da MiniDebConf Curitiba 2017 usamos as redes sociais livres para divulgar o evento. Além dessa divulgação prévia, tínhamos como meta fazer uma cobertura durante o evento publicando noticias e fotos nas redes sociais livres para ajudar a gerar conteúdo e levar para mais pessoas para elas.

Com a ajuda de voluntários, conseguimos atingir parcialmente esse objetivo porque infelizmente a rede diaspora.softwarelivre.org ficou offline três dias antes do início da MiniDebConf, e a rede identi.ca ficou fora do ar no segundo dia. Veja as pulblicações que fizemos e aproveite para se inscrever nas redes:

Evento Parceiro

Durante a MiniDebConf aconteceu um evento convidado chamado "Inspire-se! Mulheres na Computação - Experiências e Aprendizados" que foi organizado pelo grupo de estudos Emílias - Armação em Bits da UTFPR e a Adriana Cássia da Costa que participou da organizaçao da MiniDebConf. Essa atividade aconteceu no sábado (18/03) no período da tarde com uma painel que debateu sobre como ser desenvolvedora de software, uma palestra sobre machine learning outra sobre iniciativar para mulheres na tecnologia.

O maior do público foi composto por mulheres que participam de alguma iniciativa que incentiva a participação de mulheres na tecnologia e também tivemos pessoas que tem interesse em trabalhar com tecnologia e foram ao evento para saber como fazer isso.

Essa foi a primeira vez que tivemos eventos parceiros acontecendo durante a MiniDebConf e o resultado foi muito positivo. Conseguimos debater vários assuntos como o mercado de trabalho de TI, como se tornar um bom profissional na área, a inclusão de pessoas de diferentes áreas na tecnologia, a questão ética e social que estão envolvidas na tecnologia.

Veja as fotos aqui: https://www.flickr.com/photos/curitibalivre/albums/72157679965837780

Agradecimentos

Agradecemos a todos que estiveram presentes e fizeram da MiniDebConf Curitiba 2017 um sucesso!

Agradecemos aos palestrantes que nos presentearam com palestras de alto nível, aos participantes que a todo momento expuseram os seus pontos de vista e enriqueceram as discussões, e a todos os voluntários e voluntárias que não mediram esforços para a organização do evento.

Agradecemos aos professores e funcionários da UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, que tão bem nos receberam e cederam seu espaço para a realização da MiniDebConf.

Por fim, agradecemos as empresas 4Linux e Locaweb que acreditaram em nosso potencial e adquiriram cada uma delas a cota de patrocínio de maior valor.

Reforçamos o convite para que mais pessoas venham colaborar com a comunidade Debian Brasil.

Foto oficial minidebconf2017

  Minidebconf2017 patroc org



MiniDebConf Curitiba 2017 - a brief report

30 de Março de 2017, 16:26, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Foto banner minidebconf2017

With this second edition of MiniDebConf Curitiba, the event is consolidated as the main meeting of the Brazilian community of users and developers Debian.

The MiniDebConf Curitiba second edition was held from March 17th to 19th, 2017 at Campus Curitiba of the Federal University of Technology - Paraná - UTFPR.

On March 17th (Friday) the event happened from 2 p.m to 7 p.m, we started with the opening of the event, after that, there were three lectures. On March 18th and 19th (Saturday and Sunday) the activities happened from 10:00 a.m. to 7 p.m. There were some simultaneously activities like lectures, workshops in four different rooms.

Data about 2017 edition

During three days, many activities happened for every level of knowledge about the Debian Project. The schedule had:

  • 16 lectures (basic level, intermediate level and advanced level)
  • 06 workshops.
  • 06  lightning talks
  • Install Fest for install Debian in the laptop.
  • BSP (Bug Squashing Party) They resolved some critical bugs and it  was a very important contribution from the Brazilian community to the Stretch release that will happen soon.

The final numbers of the MiniDebConf Curitiba are the follow:

  • 342 inscribed people
  • 143 present people

From the 143 present people, 12 were brazilians official contributors, they are 7 DDs (Debian Developers) and 5 DMs (Debian Maintainers). The event was organized by 9 people that started the work in December 2016 and there were 22 volunteers that were helping during the 3 days.  
We believe that the difference between the number of registered people and the present people is because there was not charge fee registration. So, if people give up from participating on the event they won’t lose money.

The second edition of MiniDebConf Curitiba shows the result of the effort to encourage  people to contribute for the Debian Brazilian community. This result can be testify comparing  the data of this year with the MiniDebConf 2016: The number of registered people increased 68%;  the number of lectures increased 50%,the varied topics also increased  in the lectures and the technical level of the activities was higher. And, since the MiniDebConf 2016, 4 people became Debian Developer and 3 people became Debian Maintainer. You can read the report from MiniDebConf Curitiba 2016.

Minidebconf2017 banners

 

Women’s participation

We had 32 women present, but unfortunately there was not female speaker. The committee tried to invite a female speaker, but they could not find a woman to talk about something related to Debian project in our city.The thinking of the possibility to invite a Debian Developer woman from Europe came out, but there was not enough financial resources to do that. 

We admit this fault and support the campaign started last year to encourage women to contribute to the Debian Project and talking about that. There are two women Debian Developers in Brazil, but nowadays they are living abroad. For the next MiniDebConf edition we will work hard to increase the number of women Debian Developers.

Minidebconf2017 mulheres

 

Crowdfunding

This edition has an important innovation: we made a crowdfunding and got funds to pay some things (breakfast, venue, press, badge, lanyards, the staff from UTFPR that worked to support the activities at workshops and the auditorium). The Crowdfunding was an unpublished experience, we did note hear about this experience from other team before that and we are very pleased with the result. The crowdfunding goal was R$ 2.000,00 and we got R$ 2.800,00, we received donation from 52 people from Brazil and from other countries.

Each participant received: a badge, a customized lanyard, a flyer with tips "how to contribute with Debian Project".

 

Minidebconf2017 doadores

 

Community Store

We had the traditional Debian community store, how it happened in other events organized by us, we sold some products like T-shirts, button pins, keychain, stickers and mug. The money is going to be used for the next events about Debian in Brazil and also for other events organized by Curitiba Livre Community.

Minidebconf2017 lojinha

 

Bug Squashing Party

During the event, there was a Bug Squashing Party (BSP), we focused on resolve critical bugs that were interfering with the next Debian stable release (Stretch). Although happening at the same time as the other activities, participants were able to solve 3 critical bugs. Besides the 3 closed bugs, there was also the discover of a critical one affecting jessie->stretch upgrades, this bug was reported by a participant and he had support from a DM, whom wasn't participating directly on the BSP, that helped him report the bug and the maintainer to fix the problem (#858200).

We believe that it was a good result, because there were three people working together. Considering the short time of this activity, they did a great contribution.

Minidebconf2017 bsp

 

Photos and videos

We made our first trial to the lecture online transmission and we also recorded the lecture to share before the event on the Debian repository. You can watch the lecture on the following link (they are in pt-br):

http://ftp.acc.umu.se/pub/debian-meetings/2017/mini-debconf-curitiba

Some volunteers took pictures and they helped us to keep track of the MiniDebConf. You can see the photos on the following link:

http://deb.li/2017br

Use of free social networks

Since the beginning of the organization of MiniDebConf Curitiba 2017 we have used the free social networks to publicize the event. In addition to this prior disclosure, we had as goal to make coverage during the event by posting news and photos on free social networks to help generate content and bring more people to use them.

With the help of volunteers, we were able to partially achieve this goal because unfortunately the diaspora.softwarelivre.org network went offline three days before the start of MiniDebConf, and the identi.ca network was offline on the second day. Check out the publications we have made and take advantage of it to sign up for the networks:

Partnership Event

During the MiniDebConf happened a partnership event called "Inspire yourself! Women in Computer Science - Experiences and Learning". This event was organized by a group from UTFPR the Emílias - Armação em Bits and Adriana Cássia da Costa that was working in the MiniDebConf committee. That activity happened on Saturday evening (18/03), the scheduling has a discussion about "How to be a software developer", a lecture about "Machine Learning" and other about "How to encourage women in technology".

The most of participants were women that have been participating in groups to encourage other women in technology and there were some people who were interested in working with technology and went to the event to learn about what is the best way to do that.

This is our first partnership event and the result was very nice. We discussed about how to be a good I.T professional, how to include minorities and the ethical and social aspects of technology.

Photos: https://www.flickr.com/photos/curitibalivre/albums/72157679965837780

Acknowledgment

We would like to give many thanks for all the participants that made the MiniDebConf Curitiba 2017 a successful event.

We thank the speakers so much that made a big presentation, the participants that participated a lot to the activities and contributed to the discussions with their opinion, and the volunteers that gave their best to help in the event.

We thank the professors and employees from the Federal University of Technology - Paraná - UTFPR, that received us very well and the venue space.

We thank our sponsors: 4Linux and Locaweb, that believed in our event.

We hope that after the MiniDebConf Curitiba 2017 more people will be inspired to contribute with the Debian Brazil Community.

Foto oficial minidebconf2017

Minidebconf2017 patroc org en



App com a grade de programação da MiniDebConf Curitiba 2017

6 de Março de 2017, 13:30, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Está disponível na Play Store o app com informações sobre a MiniDebConf Curitiba que acontecerá de 17 a 19 de março no Campus Central da UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Você poderá consultar a grade completa de atividades com a programação das palestras, dos painéis, das lightning talks, das oficinas e dos eventos sociais. Também é possível consultar os currículos dos palestrantes, a localização da UTFPR, o mapa do Campus.

Além disso, estão disponíveis informações gerais sobre o evento, lista dos patrocinadores, política anti-assédio, como realizar a sua inscrição, lista de organizadores, e formas de contato com a organização.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.minidebconfcuritiba

O app está disponível apenas para android.

Para quem não quiser instalar pelo loja do google, o arquivo apk está disponível no link abaixo:

http://debian.softwarelivre.org/app